Vivian Maier para te inspirar a sair e a fotografar

Vivian Maier para te inspirar a sair e a fotografar

Para se inspirar e sair para fotografar – ou achar uma inspiração para um trabalho específico – nada é melhor do que assistir a filmes.

Por quê?

Porque além da própria fotografia do filme, que vai estimular alguns insights, há uma história envolvente que, na prática, tem tudo a ver com as histórias que você costuma fotografar. Afinal, dos filmes ficam em nós as imagens dos sorrisos, dos momentos mais dramáticos, de um beijo, e por aí vai. E, claro, você fotografa histórias reais, momentos importantes da vida de seus clientes, quase como nos filmes.

Melhor ainda do que assistir a filmes é quando o filme é sobre a vida de um fotógrafo, como no caso do documentário “A fotografia oculta de Vivian Maier”.

A fotografia oculta de Vivian Maier

foto de vivian

O documentário conta a história de Vivian Maier, fotógrafa novaiorquina que passou a vida no anonimato. Todas as maravilhosas fotografias que registrou vieram a público apenas depois de sua morte, quando foram parar numa casa de leilão, e julgaram não ter valor algum.

Vivian Maier viveu e trabalhou como babá em um bairro rico de Chicago na metade do século vinte. Ela clicava detalhes da vida urbana que para a maior parte de nós passam despercebidos.

Dirigido por John Maloof e Charlie Siskel, “A fotografia oculta de Vivian Maier” esmiúça a descoberta do próprio John Maloof, quem buscava entre esses negativos apenas fotos antigas de Chicago, mas sentiu que estava diante de uma grande artista. Foi aí que decidiu ir em busca de mais informações sobre a vida de Maier e como foi possível que viveu e morreu sem ter sido reconhecida.

Quase inacreditável, John Maloof revelou boa parte dos 150 mil negativos encontrados, imagina! Depois, em busca de mais informações, encontrou cartas e gravações.

Sorte a nossa que podemos nos inspirar com o maravilhoso olhar da Vivian Maier e quem sabe aprender um pouquinho com ela.

Assista ao documentário!

Vivian Maier para te inspirar a sair e a fotografar
Avaliar conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *