Fotógrafos: vejam como aproveitar esse tempo para produzir mais!

Vamos compartilhar conhecimento?

 “Se quer ir rápido vá sozinho, se quer ir longe vá em grupo”

Foi pensando nisso que nós entramos em contato com nossos clientes para todos juntos compartilharmos ideias. Essa é a nova mini serie da Digi! Então toda semana teremos um fotógrafo diferente por aqui!

A convidada desse primeiro episódio é a nossa querida fotógrafa Karim Scharf, especialista em fotografia de família profissional há 12 anos com cursos no Brasil e exterior, fundadora do Newborn Club, um grupo de especialistas em fotografia de bebês, baseado em critérios de segurança e responsabilidade.

Bióloga, Pós-graduada em Marketing de Saúde (FAE-PR) e Especialista em Comunicação (ESPM-SP). Ela têm um estúdio exclusivo para ensaios newborn, na zona sul de São Paulo, projetado para receber as famílias, gestantes, bebês e crianças com muito conforto.

Veja abaixo as dicas que ela compartilhou conosco, e que você poderá aproveitar e adaptar para o seu negócio.

1- Para quem é fotógrafo de newborn, e teve seu ensaios cancelados, vai perder os primeiros dias do nascimento do bebê. Qual a solução?

R: Isso é realmente complicado,  por que nós precisamos fotografar nos primeiros 15 dias de vida onde o bebê tem o sono mais profundo e aceita melhor as posições, especialmente no ensaio clássico aquele de estúdio.  Mas como a gente não tem a possibilidade de estar com a família nesses momentos eu tenho feito uma assessoria fotográfica com meus clientes, onde através de uma chamada de vídeo eu analiso o ambiente, a iluminação do local e ajudo os meus clientes a posicionarem os seus bebês em relação a luz, para que eles consigam fazer fotos com o celular. Então eu vou fazendo esse tipo de orientação para que eles não percam esse momento dos filhos deles. 

 

“Mesmo com o estúdio fechado é muito importante que eu continue com o meu trabalho e dando continuidade ao meus projetos. Por que a gente sabe que em algum momento a gente vai recuperar este fôlego  e vai voltar a trabalhar pra valer. Mas é muito mais importante que esses pais e mães tenham um registro dos seus filhos logo nos primeiros dias de nascimento. Então eu tenho feito de coração e com muito carinho essas assessoria essa ajuda e bate papo as pessoas sempre me chamam sempre precisam e eu tenho auxiliado da melhor forma possível” 

 

Para os ensaios de newborn que  já estavam fechados, eu tenho oferecido como cortesia essa assessoria para os meus clientes, para que eles fotografem junto comigo e sob a minha orientação, em casa e com o celular, para que eles não percam os primeiros dias de vida do bebê.

Para os ensaios novos para quem está entrando em contato agora na época de quarentena, aí sim eu tenho feito um pacote de assessoria mais fotos do bebê que não é newborn, vai ser realizado somente quando for possível pelo mesmo valor de um ensaio convencional. 

 

2 – Para quem teve ensaios, cobertura de festa cancelados? Aqueles que a gente não vai ter a oportunidade de fazer em nenhum momento. 

R: Então é isso, se a gente tem que ficar em casa em isolamento, eu acho que é o momento ideal para a gente se aprofundar  em conhecimentos específicos, estudar e fazer cursos. Uma dica que eu tenho para dar, é para vocês procurarem no Papo de Fotógrafo, o site do PodCast, eles disponibilizaram uma série de palestras realizadas  no evento Papo do Bem que eles fazem todos os anos.  Tem vários palestrantes e palestras com conteúdos incríveis, disponíveis para vocês assistirem a qualquer momento. Tem uma palestra minha lá também. Dá uma olhadinha aqui: https://www.papodobem.com.br/covid-19

Outra dica é que a gente se aprofunde em photoshop, lightroom procure cursos, procure tutoriais, tem muito curso grátis disponível, é só dar uma pesquisada. E vamos parar de reclamar de live hein? Porque tem muita gente bacana compartilhando conteúdo incrível, a gente tem mais que aproveitar.

 

3 – Para quem não tem reserva nem renda extra e vive de fotografia infantil, o que fazer? 

R: Este é o momento da gente descobrir novas habilidades,pensar e se perguntar: no que mais eu sou bom? Nós somos bons em outras coisas também e não só em fotografia. E você tem que se fazer essa pergunta, o que mais eu faço muito bem? Eu cozinho bem, eu sei fazer bolos, eu sei conectar pessoas, eu sou bom ensinando… Com certeza a gente vai descobrir novas habilidades isso em um projeto.

 

“Os fotógrafos são naturalmente empreendedores. A gente cuida do nosso negócio, a gente faz a gestão do nosso negócio. A gente pode fazer a gestão de várias coisas, desde que a gente tenha habilidade e conhecimento para isso. Então, procure dentro de você, em que mais você é bom. Como você pode contribuir com outras pessoas e como você pode fazer uma renda extra com as suas habilidades.”

 

4 – Tem alguma coisa especial que vc está fazendo e recomenda?

R: Eu tenho me aproximado muito das minhas clientes neste período além de um grupo de whatsapp que eu tenho com as minhas clientes mais  próximas,  e também por contato direto. Eu acho que a gente se ajuda, a gente se conhece mais, que a gente troca ideias e que a gente cria projetos. Esse contato tão intenso agora, essa conexão tão profunda que a gente tem se permitido com algumas pessoas agora, é a chave para que a gente continue com parcerias boas no futuro. 

 

E outra coisa que eu tenho feito e tem dado muito certo, é buscar ensaios anteriores que as famílias não fecharam álbum por algum motivo, e apresentar uma prévia já diagramada para eles dessas  imagens. Então eu busco as imagens mais bonitas, as fotos mais legais, apresento o  álbum num storytelling muito bonito, e essas famílias têm a oportunidade de revisar essas memórias, essas imagens que a gente criou juntos há quatro, cinco meses atrás e que não foram impressas. É uma forma deles se sentirem reconfortados nesse momento tão delicado que a gente está vivendo e importante para o meu negócio também para que eu consiga manter tudo muito ativo. 

 

Você pode conhecer  mais sobre a Karin acessando o site: http://www.karimscharf.com.br/ 

Digipix Pro + Fotógrafos, juntos somos mais fortes!

Conte com a gente!

Fotógrafos: vejam como aproveitar esse tempo para produzir mais!
Avaliar conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *